E os nossos museus?

Neste último domingo (2) foi noticiado em ampla mídia, um incêndio de grandes proporções no Museu Nacional localizado no Rio de Janeiro. Este fato repercutiu mundialmente devido a importância que o Museu Nacional possui. Este ano o museu fez 200 anos de existência e já foi residência de um rei e dois imperadores, sendo um deles D. Pedro II. É a instituição cientifica mais antiga do país e uma das principais de história natural e antropológica da América Latina. Ainda não se sabe ao certo qual a causa real do incêndio, entretanto existem especulações sobre a manutenção ineficiente ou a falta dela por falta de verbas.  

Foi noticiado no mês de maio deste ano que há pelo menos três anos que o museu estava funcionando com o orçamento reduzido, demonstrando carências em suas estruturas e manutenção. Mas o que nós da região do Cariri temos haver com esse acontecimento? Além de por sermos brasileiros e perdermos tamanha riqueza, já que não dá pra voltar atrás na história e recuperar o que se foi perdido, podemos utilizar esse fato como exemplo para não cometermos o mesmo erro. Mesmo que ainda não foi divulgado as causas do incêndio, a falta de verbas prejudica qualquer projeto ou instituição que depende desses repasses.  

No município de Juazeiro do Norte existe três programas ligados mais diretamente com essa área de Patrimônio histórico. O primeiro é Incentivo e Apoio à Arte e à Cultura, o outro é Patrimônio, História e Memória e o Valorização, Preservação e Recuperação do Patrimônio Histórico e Cultural. Esses três programas recebem verbas para serem executados. Confira o que já foi gasto esse ano com esses três programas: 

Programa 

Valor R$ 

Incentivo e Apoio à Arte e à Cultura 

459.860,00 

Patrimônio, História e Memória 

14.468,61 

Valorização, Preservação e Recuperação do Patrimônio Histórico e Cultural 

64.220,12 

TOTAL 

538.548,73 

Percebe-se que até então, foram investidos R$ 583.548,73 em Juazeiro do Norte. O valor planejado no orçamento anual para esses programas é de R$ 3.615.814,56, ou seja, foram executados 16,13% do total, como só faltam quatro meses para o encerramento do ano, esse percentual se apresenta bastante baixo. Esses programas englobam reforma e requalificação da fundação memorial, como também apoio e manutenção a eventos no Teatro Marquise Branca e também manter e realizar a salvaguarda do patrimônio material e imaterial. Portanto, são despesas importantes para o município, sendo também alvo da nossa fiscalização e atenção. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s