Exemplo de Controle Social!

No dia 6 de novembro deste ano (2018), ocorreu um fato inusitado, porém admirável, para os que acreditam no controle social, em uma das sessões da Câmara Municipal do Crato. A senhora Francisca Nilza Araújo solicitou o asfaltamento da sua rua, a Travessa Arajara no bairro São Miguel. O motivo é que seu esposo, de 78 anos, que é cadeirante há 26, não tem como se locomover sem esse asfalto. Apesar de outras pessoas também já terem requisitado alguns pedidos, o que fica marcado neste acontecimento é a resposta da senhora Francisca, onde afirmou não se sentir cidadã por não ter sido atendida em seu pedido. No caso, a senhora já havia feito diversos pedidos na Prefeitura Municipal e na Secretaria de Infraestrutura, mas não foi atendida. Na notícia da Câmara foi relatado que o líder do prefeito Dr. Renan Almeida (PATRI) afirmou que a travessa receberia a pavimentação na etapa 2 do programa “Caminhos do Crato”, contudo os demais vereadores concordaram que se tratava de um pedido de urgência e afirmaram que entrarão com um requerimento coletivo.

O que podemos destacar deste fato é que a senhora Francisca demonstrou ter consciência do seu papel cidadão, uma vez que ela não só viu o problema mas foi atrás dos responsáveis pela a solução do mesmo, e foi insistente nisto, tendo em vista que ela foi em vários lugares para realmente conseguir sanar seu problema. Somado a isto, a senhora Francisca disse não se sentir cidadã por conta que seu pedido não foi atendido pelos seus representantes, o que realmente é sem lógica, já que nós somos o verdadeiro motivo e alvo dos governantes eleitos, ou pelo menos deveríamos ser, os representantes devem trabalhar em prol do interesse coletivo, das demandas sociais. Talvez por isso ela não se sentiu cidadã.

Outro ponto para nos atentarmos é que muitas vezes a burocracia das ações da gestão pública geralmente atrasam a solução das demandas sociais, pois o tal pedido da senhora já estava em um programa, mas ainda iria demorar em relação à urgência do mesmo, portanto a agilidade nas soluções também precisa ser realidade em qualquer município.

Resumindo, parabéns à senhora Francisca Nilza Araújo pela iniciativa, são atitudes assim que apesar de serem simples, fazem a diferença.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s